segunda-feira, 16 de maio de 2011

QUANDO EU PENSO QUE VOU ENJOAR DE “GLEE”, VEM UM EPISÓDIO LACRIMOSO E ME ARRASA NOVAMENTE!

Assumo de imediato a futilidade desta postagem: mais uma vez, é sobre “Glee”, um seriado adolescente norte-americano que possui a capacidade atroz de estabelecer empatia e identificação com a venalidade dos amores não-correspondidos. Num momento-chave do vigésimo episódio da segunda temporada, “Prom Queen”, eu me vi repetindo e repetindo uma mesma cena: a personagem Rachel (Lea Michele) interpretando, com todo o exagero que suas expressões faciais permitem, “Jar of Hearts”, canção ‘pop’ romântica de uma tal de Christina Perri que eu não conhecia, mas que logo se tornou uma de minhas favoritas no gênero: linda demais!

Não somente esta canção me agradou por seus chavões xaroposos como pelo brilhantismo masoquista de sua letra, cujo refrão eu transcrevo agora:

“Who do you think you are?
Runnin' 'round leaving scars
Collecting a jar of hearts
Tearing love apart
You're gonna catch a cold
From the ice inside your soul
So don't come back for me
Who do you think you are?”


Meu Deus, é tão óbvio! Mas... Por que ninguém escreveu isto antes: “tu vais pegar um resfriado por causa do gelo em sua alma”. Não somente fiquei encantado com o apelo dramático desta ameaça como, por uma (des)agradável coincidência, escutei esta canção pela primeira vez no mesmo dia em que fui incapaz de fazer com que um amigo de trabalho parasse de chorar, de tão triste que ele estava por causa de uma recente desilusão amorosa. O atendimento ao público já estava aberto e ele aos prantos, lamentando sua culpa: deu pena, me pus no lugar dele, devo saber como é...

Voltando ao supracitado episódio de “Glee”: é defeituoso, chavonado, possui uma série de incorreções enredísticas, mas, caramba, coroar um adolescente homossexual como “rainha do baile” e depois fazer com que ele dance o clássico “Dancing Queen”, do ABBA, ao lado de seu namorado, também adolescente, é algo que eu esperei muito para ver na TV!

Wesley PC>

5 comentários:

Maria Zilda disse...

aguardo curioso sua crítica sobre o "Primeiro que disse". Valerá seu tempo?

*Celular descarregou, e acabamos desviando o caminho. Não pude avisá-los.

*Mas o desencontro foi obra do acaso divino. Tinha uma pessoinha "das nossas" precisando ser ouvido. E ofui todo ouvidos.

xeru

Boca da Noite disse...

Sempre que venho aqui me emociono. Pelo glee, pela fotografia do filme que bastou, pelas músicas, pelas letras das músicas, por ti... Ufa!

iaeeee disse...

não é futilidade não... huahaua, é lindo!

iaeeee disse...

'I'm not gonna teach yr boyfriend how to dance' foi superr, dá vontade de se divertir com os amigos, hauahua

ep bom, ótimo, excelente!


Américo

Gomorra disse...

Foi um dos melhores episódios e, desta segunda metade da segunda temporada, sem dúvida, o melhor!

E, caramba, "Jar of Hearts" fai ficar na memória para sempre...

E, caro amigo cearense noturno, retribuo a emoção, visse?

WPC>