domingo, 2 de março de 2014

SOBRE A DIFICULDADE EM ADMITIR QUE SE VÊ O PRÓPRIO CU...



Ultimamente, minha região anal anda coçando bastante. Mais que sugerir um cio metafórico, fiquei preocupado em estar com hemorróida ou algo parecido. Pus um espelhinho e observei a região: estava, de fato, ferida. Porém, não parecia ser decorrência de nenhuma doença, mas de um zelo higiênico com efeitos colaterais: feri o ânus durante o banho, por causa das unhas grandes em minha mão esquerda. Hora de cortá-las!

Este preâmbulo sub-biográfico é apenas um pretexto para que eu preste mais atenção a sentimentos e/ou sensações (ou quiçá necessidades) que eu mantenho recônditos: todos nós devemos cuidar daquilo que se esconde e, ao mesmo tempo, é tão basilar em nosso dia-a-dia: o cu é subestimado!

Wesley PC>

Nenhum comentário: