sexta-feira, 2 de agosto de 2013

IMPORTA SABER QUE O DAVID CARDOSO ESTÁ COM A VOZ DE OUTRA PESSOA NESTE FILME?!

Da primeira vez que eu tentei ver "Caçada Sangrenta" (1974, de Ozualdo Candeias), caí no sono: apesar de ceder às convenções oportunistas do erotismo cardosiano, o diretor leva à frente o seu estilo hermético, contemplativo, silencioso... É um filme ótimo, mas requer que estejamos preparados para perceber que tudo em seu roteiro é 'MacGuffin': o que importa é seguir o percurso, não desvendar a trama!

Estranhei o fato que o personagem de David Cardoso (aqui bastante jovem e bonito) estivesse dublado por outra pessoa, e estranhei ainda mais que ele próprio duble outro personagem (um de seus principais perseguidores no filme, aliás), mas tudo isso é relativo diante da estética embasbacante da película, que ainda permite mostrar o vaidoso astro acariciando o pênis por sobre a cueca, enquanto mulheres nuas o circundam em mais de um momento. E, ao final, corpos mortos (ou desmaiados) boiam num rio mato-grossense, Estado que, numa cena anterior, teve suas belezas exaltados num meta-cinejornal. Muito bom o filme: passei a madrugada acordado, pensando em suas benesses. Agora quero vê-lo novamente! (risos)

Wesley PC>

Nenhum comentário: