domingo, 21 de outubro de 2012

UM DEVANEIO APAIXONADO ADICIONAL ("É SÓ LITERATURA!", DIRÃO ALGUNS...)


"É bonito, é poeta e - o mais importante para ele - inteligente; pois bem, vai entrar em alguns desses lupanares do pensamento chamados jornais, deixar lá suas melhores idéias, esturricar o cérebro, corromper a alma, cometer as covardias anônimas que, na guerra das idéias, equivalem aos estratagemas, às pilhagens, aos incêndios, ao costume de se bandear que existia na guerra dos 'condottieri'. Depois que ele, como milhares de outros, tiver gasto sua genialidade para proveito dos acionistas, esses mercadores de veneno o deixarão morrer de fome, se tiver sede, e de sede, se tiver fome." (ILUSÕES PERDIDAS - 1843 - Honoré de Balzac - página 299 da edição que possuo).

De quem o autor fala? Em quem eu penso? A beleza precisa de autorização para ser mencionada? Não, para mim, ele não parece um porco. E, se parecer, porcos são belíssimos animais... Para mim, eles são!

Wesley PC>

2 comentários:

dalh disse...

Todo bonito seu post.

dalh disse...
Este comentário foi removido pelo autor.