quarta-feira, 30 de março de 2011

“TU SABES O QUE QUER DIZER F.M.I.? FODENDO O MUNDO INTEIRO!”

Mais uma vez, venho a público falar sobre os filmes do David Cardoso: acabo de ver “Caçadas Eróticas” (1984), filme menos inspirado que ele dirigiu em colaboração com o quase desconhecido Cláudio Portioli (mais famoso enquanto diretor de fotografia) a partir da bem-sucedida fórmula de episódios curtos baseado em roteiros de Ody Fraga. Como toda fórmula, porém, aqui nota-se o desgaste: nenhum dos três episódios é particularmente bom, apesar de cada um deles ter os seus interesses...

No primeiro dos episódios, tolo até dizer ‘chega!’, David Cardoso e Matilde Mastrangi protagonizam uma ridícula estória de espiões em Portugal; no segundo, marido e mulher que brigaram recentemente marcam encontros com novos parceiros num mesmo apartamento, mas, sem saber, o marido leva um travesti para o quarto, que acaba transando com a sua esposa; e, por fim, o terceiro episódio, somente dirigido por David Cardoso, mostra-se inusitado ao ser protagonizado por um grupo de estereótipos femininos de ‘punks’, que misturam frases de protesto político (vide a frase-título e a cena em que uma delas mostra a bunda para explicar o que Josef Stalin fez com o mundo) à necessidade por conseguir dinheiro e, em meio à situação em que uma jovem paga outra para enfiar um pênis de borracha em sua vagina, elas decidem que seqüestrarão burgueses brasileiros, a fim de ficar com suas roupas e pertences pessoais. Nada demais, mas valeu-me enquanto curiosidade.

Detalhe pessoal: antes de ver o filme, eu dividia minha atenção entre uma ereção alheia obliterada pelo velcro de um zíper e os nematelmintos que saíam do ânus de minha cadela Sembène. Fisiologia é algo que me encanta sempre, da mesma forma que não percebi as cenas de sexo explícito no filme supracitado, o que, francamente, não faz a menor diferença, exceto no que diz respeito ao lamento de saber que foi a introdução desta explicitude que alavancou o declínio deste gênero tão interessante de nosso cinema nacional que foi a pornochanchada. Pena que não souberam aproveitar os bons temas que eles tinham em mãos, cérebros e genitálias...!

Wesley PC>

Nenhum comentário: