sexta-feira, 15 de maio de 2009

FAIXA 09: “O AMOR É FILME” (Versão 1 - por Lirinha)


“O amor é filme
Eu sei pelo cheiro de menta e pipoca que dá quando a gente ama
Eu sei porque eu sei muito bem como a cor da manhã fica
Da felicidade, da dúvida, dor de barriga
É drama, aventura, mentira, comédia romântica"


"O amor é filme
Eu sei pelo cheiro de menta e pipoca que dá quando a gente ama
Eu sei porque eu sei muito bem como a cor da manhã fica
Da felicidade, da dúvida, dor de barriga
É drama, aventura, mentira, comédia romântica"


"Um belo dia a a gente acorda e hum...
Um filme passou por a gente e parece que já se anunciou o episódio dois
É quando a gente sente o amor se abuletar na gente tudo acabou bem,
Agora o que vem depois"


"É quando as emoções viram luz, e sombras e sons, movimentos
E o mundo todo vira nós dois,
Dois corações bandidos
Enquanto uma canção de amor persegue o sentimento
O Zoom in dá ré e sobem os créditos”


A canção aparece duas vezes na trilha sonora. Nesta primeira versão, pensei nalguns casais bem-sucedidos que apareceram em Gomorra, nalgumas pessoas que trocaram beijos, carícias e momentos dialogísticos em público, nalgumas pessoas que amam e não têm medo de demonstrar isso. Longa vida a eles, portanto, pois, como diz o compositor: “O amor é filme e Deus espectador”!

Wesley PC>

2 comentários:

Leno disse...

Que buntinho! rsrsrs

E pq será que você gosta tanto de filmes? hein?

Pseudokane3 disse...

Por que será?

WPC>